Padang Panjang – Morando nas nuvens

(English version below)

Padang Panjang (campo longo) é uma pequena cidade nas montanhas da província de Sumatra Ocidental, na Ilha de Sumatra. Possui cerca de 50.000 habitantes e está situada a 850m do nível do mar. O clima é bastante frio, se comparado às outras cidades da Indonésia, com mínimas de até 10ºC. Por ser localizada em uma área montanhosa, a chuva é diária e rende a Padang Panjang o apelido de cidade da chuva. A cidade é circundada por 3 vulcões: Marapi, Tandikek e Singgalang, sendo os dois primeiros ainda ativos.

DSC_8838Padang Panjang.

A economia da cidade gira em torno do comércio e dos serviços, além da presença de milhares de pequenas áreas de plantação (especialmente arroz) e alguns criadouros de animais. Pela posição estratégica, bem ao centro da província, Padang Panjang ocupa um importante papel na economia de Sumatra Ocidental.

DSC_8432Muitas pequenas plantações.

O povo de Padang Panjang é majoritariamente muçulmano e pertencente a etnia Minangkabau, aqui fica o Centro de Documentação e Informação Cultural Minangkabau, importante na manutenção e preservação da cultura desta etnia. Falaremos mais a fundo sobre este assunto em um futuro post.

DSC_8308Os telhados em forma de chifre são tradicionais na arquitetura Minangkabau.

Embora existam festivais e manifestações culturais em vários vilarejos em torno da cidade, a arte da cidade se concentra no Institut Seni Indonesia, anteriormente chamado de Academia Indonésia de Artes Karawitan, o conservatório/universidade é o centro artístico de Padang Panjang. Além dos cursos de arte, semanalmente ocorrem diversas apresentações artísticas no campus, performances tradicionais Minagkabau, contemporâneas e também seminários e workshops artísticos de outras partes da Indonésia e da Ásia.

DSC_8566Linda performance de piano no auditório do ISI Padang Panjang.

A cidade possui um pasar (mercado tradicional) onde pode-se comprar frutas, verduras, carne, cafés e chás. À noite funciona o pasar kuliner, uma rua toda iluminada lotada de carrinhos e barraquinhas de comida, onde pode-se experimentar as delícias (super apimentas) da culinária minangkabau, por um preço bastante acessível. Para aqueles que gostam de uma cervejinha como nós, a cidade é bem complicada, não existem bares e há apenas um local onde é possível comprar bebidas alcoólicas com o preço bem alto (uma garrafa de cerveja de 600ml custa Rp 35.000 e um almoço bem farto, com chá incluso custa Rp 25.000).

DSC_8463O movimentado mercado culinário noturno.

A vida aqui é pacata e aprazível e a comunidade nos recebeu muito bem, sempre nos perguntam se já almoçamos ou jantamos, para onde estamos indo, etc. São muito carinhosos e curiosos sobre nosso país. Incontáveis são os pedidos para tirar fotos conosco, Martius e Jeni (nosso novos nomes aqui).

DSC_8859Jeni e a criançada. Eles adoram fotos com os bules (estrangeiros).

Estamos bem, felizes e estudando muito as artes deste povo, belas e profundas, tradicionais e ousadas, tecnicamente super difíceis e recheadas de emoção. A Ásia definitivamente é o nosso lugar na terra.

DSC_9543Martius e os colegas do grupo Minangapentagong no camarim após o concerto.

Ps. Para acompanhar diariamente nossa jornada nos siga no Instagram @mateusoferrari e @janinedecampos.

Padang Panjang – Living in the clouds

Padang Panjang (Long Camp) is a small mountain town in the province of West Sumatra, on Sumatra Island. It has about 50,000 inhabitants and is situated at 850m of sea level. The climate is quite cold compared to other cities in Indonesia, with minimum temperatures that can reach 10ºC. Because it is located in a mountainous area, the rain is daily and yields to Padang Panjang the rain city nickname. The city is surrounded by 3 volcanoes: Marapi, Tandikek and Singgalang, with the first two being still active.

The city’s economy revolves around trade and services, as well as the presence of thousands of small planting areas (especially rice) and some animal breeding sites. Due to the strategic location, right in the center of the province, Padang Panjang plays an important role in the economy of West Sumatra.

The people of Padang Panjang are mostly Muslim and belong to the Minangkabau ethnic group, here is the Minangkabau Documentation and Cultural Information Center, an important place in the maintenance and preservation of the culture of this ethnic group. We will talk more about this in a future post.

Although there are festivals and cultural events in many villages around the city, the art of the city focuses on the Institut Seni Indonesia, formerly called the Indonesian Academy of Arts Karawitan, the conservatory / university is the artistic center of Padang Panjang. In addition to the art courses, there are weekly artistic performances on campus, traditional Minagkabau, contemporary, art workshops and seminars from other parts of Indonesia and Asia.

The city has a pasar (traditional market) where you can buy fruits, vegetables, meat, coffees and teas. In the evening, the Pasar Kuliner is an illuminated street full of food stands and stalls, where you can try the delicacies of the minangkabau cuisine (super spicy) at a very affordable price. For those who like a beer like us, the city is very complicated, there are no bars and there is only one place where you can buy alcoholic beverages at a very high price (a beer bottle with 600ml costs Rp 35,000 and a well-stocked lunch with tea even costs Rp 25,000).

Life here is quiet and pleasant and the community received us very well, always asking us if we have lunch or dinner, where we are going, etc. They are very affectionate and curious about our country. Countless are the requests to take pictures with us, Martius and Jeni (our new names here).

We are well, happy and studying very much these people´s arts , beautiful and deep, traditional and daring, technically super difficult and filled with emotion. Asia is definitely our place on earth.

Ps. To accompany more of our journey follow us on the Instagram @mateusoferrari and @janinedecampos.